Chevrolet Bolt EV – O elétrico mais emplacado do país

Entre os veículos 100% elétricos, o grande destaque foi o Chevrolet Bolt EV, que liderou as vendas da categoria no primeiro semestre, em sua estreia como o primeiro modelo da marca equipado com esta tecnologia à venda no país.

Os carros eletrificados avançam no Brasil. O segmento triplicou de tamanho nos primeiros seis meses do ano, totalizando cerca de 7,5 mil unidades emplacadas. O volume soma os modelos híbridos, que tradicionalmente combinam um motor a combustão com um elétrico auxiliar para reduzir o consumo combustível, e os automóveis puramente elétricos, que se diferem pela emissão zero de poluentes.

“O Bolt EV é um crossover atraente, bem equipado, divertido de guiar e, além disso, zero emissão. Do ponto de vista conceitual, é o automóvel mais evoluído que temos no mercado até sua faixa”, diz Hermann Mahnke, diretor-executivo de Marketing GM América do Sul.

O Bolt EV traz um motor elétrico de alto desempenho e conta com uma nova geração de baterias que permite 416 quilômetros de autonomia média a cada recarga completa – quase o dobro da distância que percorrem elétricos de mesmo porte, considerando o padrão EPA.

O carro elétrico da Chevrolet começou ser distribuído em fevereiro e, até junho, 82 consumidores já haviam recebido seus carros, isto porque a importação do produto dos Estados Unidos está sendo feita por lotes.

Atualmente o Bolt EV é ofertado em 15 cidades, selecionadas com base em estudos de mercado. São elas: São Paulo, Santo André, São Bernardo do Campo, Campinas, São José dos Campos (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba, São José dos Pinhais (PR), Porto Alegre (RS), Florianópolis, Joinville (SC), Recife (PE) e Vitória (ES), proporcionando ainda a maior rede de assistência técnica especializada do país neste segmento.

Toda a estratégia foi traçada com base na experiência adquirida pela empresa com a venda de elétricos em outros mercados.

Na vanguarda, em todos os sentidos

O Bolt EV se destaca pelo seu conjunto tecnológico avançado:

  • Desempenho excepcional aliado a um baixo custo de rodagem;
  • Conceito de segurança 360 graus com câmeras auxiliares de alta definição;
  • Design com aproveitamento maximizado do espaço interno e posição elevada de guiar;
  • Ampla lista de equipamentos de conforto e conveniência;
  • Sistema de propulsão que não emite poluentes.

Em relação ao desempenho, o alto torque é característico dos motores elétricos. Arrancadas de 0 a 100 km/h podem ser feitas em aproximadamente 7 segundos. Isto porque o conjunto propulsor entrega 203 cv de potência e 36,7 kgfm de torque em qualquer faixa de rotação. Retomadas também são igualmente vigorosas, elevando a segurança em ultrapassagens.

Segurança, aliás, é um dos pilares do Bolt EV. São 10 airbags, assistente de permanência na faixa, alerta de ponto cego, aviso de tráfego traseiro cruzado, alerta de colisão frontal e sistema de frenagem automática com detecção de pedestres para mitigar acidentes.

Outro destaque são as câmeras de alta definição para visão 360 graus, que auxiliam manobras de estacionamento e ficam localizadas nas extremidades do veículo, melhorando a visibilidade. O veículo conta com uma interessante tecnologia que transforma o espelho retrovisor central numa tela que projeta imagens da parte traseira em maior ângulo.

Conheça as principais tecnologias disponíveis no veículo, ofertado na versão de acabamento Premier, sinônimo de máxima sofisticação na linha Chevrolet:

  • Modo de direção “One Pedal” com sistema regenerativo dos freios
  • Espelho retrovisor central por câmera
  • Assistente de estacionamento com visão 360 graus
  • Painel digital customizável com tela de 8 polegadas
  • MyLink com tela de 10,2” compatível com Apple CarPlay e Android Auto
  • Sistema de som de alta definição Bose
  • Faróis com tecnologia HID e luzes de condução diurna em LED
  • Lanternas traseiras em LED
  • Sensor crepuscular
  • Pneus autovedantes com rodas aro 17
  • Assoalho plano com fechamento aerodinâmico
  • Sistema de recarga de smartphone por indução magnética (sem fio)
  • 10 airbags
  • Assistente de permanência na faixa
  • Alerta de ponto cego com sensor de aproximação repentina
  • Aviso de tráfego traseiro cruzado­­
  • Alerta de colisão frontal com detecção de pedestres
  • Frenagem autônoma em baixa velocidade para mitigar acidentes
  • Bancos e volante revestidos em material premium com aquecimento
  • Freio de estacionamento elétrico com acionamento por botão
  • Chave com controle remoto para desbloqueio do conector de alimentação da energia

São 4.165 mm de comprimento por 1.765 mm de largura e 1.595 mm de altura. O entre-eixos é de 2.600 mm, enquanto o peso de 1,6t é distribuído de forma quase simétrica entre os eixos. Soma-se isso ao baixo centro de gravidade, o que contribui para uma excelente dirigibilidade e estabilidade do veículo.

Como as baterias ficam localizadas sob o assoalho plano e o motor elétrico é bastante compacto, o espaço interno é surpreendente, inclusive o do compartimento de bagagens. Sua capacidade vai de 478 a 1603 litros (com os bancos traseiros rebatidos), medidas semelhantes ao do Chevrolet Equinox.

Maior autonomia e menor custo por quilômetro rodado

Divertido de dirigir, o Bolt EV pode ser conduzido no modo One Pedal (um pedal). Assim, basta aliviar a pressão do pedal do acelerador para que o veículo reduza instantaneamente a velocidade e inicie a frenagem de forma otimizada a fim de aproveitar a energia dissipada do sistema para incrementar a autonomia.

O Bolt EV é equipado com uma última geração de baterias (10% mais eficiente devido a nova composição de seus elementos químicos), com 66 kWh de capacidade.

A energia elétrica, além de mais limpa, gera economia para o motorista do Bolt EV. Hoje, o custo estimado por quilômetro rodado do elétrico da Chevrolet é até quatro vezes inferior ao de um modelo flex do mesmo porte – e inferior ao de híbridos também.

Solução complementar de recarga

Além do veículo em si, as concessionárias Chevrolet credenciadas para comercializar o Bolt EV estão aptas a oferecer o aparelho de recarga rápida para ser instalado na garagem do cliente.

“A Chevrolet recomenda a todos os clientes do veículo a instalação do equipamento complementar de recarga, que auxilia em situações específicas e amplifica a experiência do cliente com este tipo de produto”, diz Rodrigo Fioco, diretor de Marketing de Produto da Chevrolet.

Quatro vezes mais eficiente que a recarga numa tomada 220V convencional, o aparelho de recarga rápida fornece uma quantidade de energia por hora suficiente para que o veículo rode aproximadamente 40 km, média que um motorista comum percorre por dia. Neste caso, a recarga completa das baterias leva aproximadamente dez horas.

Já em eletropostos de alta voltagem, bastam 30 minutos de recarga para o carro rodar mais cerca de 160 km. O Bolt EV conta com garantia de três anos para o veículo e de oito anos para as baterias de íon-lítio.

O plano de revisão segue o padrão global da marca para carros elétricos, que tem uma manutenção bem mais simplificada e espaçada do que os modelos a combustão tradicionais que necessitam de troca de óleo, velas, correia e diversos filtros, por exemplo.

Até os 240.000 km, os principais serviços de revisão do Bolt EV se concentram nas trocas de itens de desgaste decorrentes do uso do veículo, como o filtro ar-condicionado e as pastilhas dos freios.

O crossover da Chevrolet está disponível em cinco opções de cores: Branco Summit, Vermelho Glory, Prata Switchblade, Preto Ouro Negro e Cinza Graphite.

Futuro 100% elétrico

A Chevrolet acredita que, no futuro, os automóveis serão elétricos por uma série de razões. A começar pelas leis ambientais, cada vez mais rígidas, passando pelo fato de os elétricos possuírem completa compatibilidade com as próximas gerações de tecnologias de conectividade e de condução autônoma, por exemplo.

O maior conhecimento dos benefícios da tecnologia por parte dos consumidores, a expansão da infraestrutura de recarga e a evolução das baterias são catalisadores que ajudarão a popularizar os carros elétricos no Brasil.

Leia Também

Deixe um comentário