Tudo que você precisa saber para comprar um carro novo ou usado sem sustos.

Chevrolet reduz preços do Cruze para incentivar consumidores

Chevrolet reduz preços do Cruze como forma de incentivo aos seus clientes.

Se preparando para a possível canibalização nas vendas que deve ocorrer com a chegada do novo Tracker 2021 ao Brasil, a Chevrolet deixou o Cruze mais barato em todas as versões.

A Chevrolet reduziu os valores da família Cruze no Brasil. O preço mais baixo está disponível tanto para a configuração hatch como sedã, em todas as versões. Dependendo do modelo, o desconto pode chegar até a R$ 2.440.

Poucos meses após o lançamento da reestilização, a Chevrolet segue o caminho inverso em relação aos principais concorrentes e deixa toda a família Cruze mais barata no Brasil.

Já atualizados no site da marca, os novos valores valem tanto para a variante hatchback quanto para o modelo sedã e representam reduções consideráveis.

Nas versões de entrada (Cruze LT e Cruze Sport 6 LT), a Chevrolet está oferecendo R$ 2.440 de desconto. Os dois estão disponíveis agora por R$ 98.750 (antes eles eram comercializados por R$ 101.190).

O Cruze Premier I e o Cruze Premier II estão sendo vendidos agora por R$ 108.750 e R$ 120.750, respectivamente. Para quem tiver interesse em um dos sedãs: Cruze Sport 6 Premier I ou Cruze Sport 6 Premier II, a marca está vendendo ambos por R$ 109.750 e R$ 121.750, respectivamente.

 

Chevrolet reduz preços do Cruze

Confira a seguir todas as versões, os preços novos e antigos do Chevrolet Cruze:

Chevrolet Cruze LT: antes R$ 101.190 | agora R$ 98.750
Chevrolet Cruze Premier: antes R$ 111.090 | agora R$ 108.750
Chevrolet Cruze Premier: antes R$ 122.890 | agora R$ 120.750
Chevrolet Cruze Sport 6 LT: antes R$ 101.190 | agora R$ 98.750
Chevrolet Cruze Sport 6 Premier: antes R$ 112.090 | agora R$ 109.750
Chevrolet Cruze Sport 6 Premier: antes R$ 123.890 | agora R$ 121.750

 

Chevrolet reduz preços do Cruze

O Cruze continua oferecendo os mesmo itens de série como: ar-condicionado digital, central multimídia com conexão WiFi 4G e mais Apple CarPlay e Android Auto, câmera de ré, seis airbags, controle de estabilidade e tração, sensor de estacionamento traseiro, assistente de partida em rampa e travas / vidros elétricos. Todos esses itens estão disponíveis desde as versões de entrada (Cruze LT e Sport 6 LT).

Já se o consumidor optar pelo topo de linha, o carro entregará a mais: sensor de chuva, assistente de permanência em faixa, alerta de ponto cego, chave presencial, partida por botão, carregador sem fio para celular, além de sensor de estacionamento dianteiro.

Mecanicamente, o motor 1.4 turbo flex rende 153 cv a 5.200 rpm e 24,5 kgfm de torque máximo a 2.000 rpm. A transmissão é sempre automática de 6 marchas. Dados de fábrica indicam consumo de 9,4 km/litro na estrada e 7,6 km/litro na cidade com etanol. Com gasolina, os números são de 13,9 km/litro e 11,1 km/litro, respectivamente.

Quem ganha com isto somos nós, os consumidores, que podem comprar um carro de excelente qualidade por um custo menor.

Que as montadoras pensem mais nisto: em reduzir os valores de seu portfólio e com isto vão aumentar o consumo.

 

Leia também:

Novo Chevrolet Tracker 2021: Este será um dos SUVs mais econômicos

Cobalt vai sair de linha? O que Aconteceu?

Carros novosChevroletNotícias

Deixe um comentário