Honda Vai Deixar de Produzir o HR-V na Argentina

A Honda anunciou nesta terça-feira (13) que deixará de produzir automóveis na Argentina. A fábrica de Campana passará a montar apenas motocicletas em 2020, suspendendo a produção do HR-V, único modelo presente na sua linha de montagem.

“Visando fortalecer a estrutura do negócio de automóveis, diante das abruptas mudanças da indústria automotiva ao redor do mundo, a Honda tem buscado reforçar a coordenação e colaboração inter-regional, otimizando a alocação e capacidade produtiva de automóveis globalmente”, explicou nota enviada pela montadora.

A decisão, embora não explicada em detalhes, reflete ao menos duas mudanças recentes. A primeira foi o início da produção de automóveis na nova fábrica de Itirapina, no interior de São Paulo. Com grande capacidade instalada e mais eficiente que Sumaré e Campana, a planta vai concentrar a produção na região progressivamente.

Campana, por sua vez, teve um papel emergencial diante de um período em que Sumaré operou no limite. Por essa razão, a Honda aproveitou o espaço na fábrica argentina para complementar a fabricação do HR-V, mas esse gargalo deixou de existir com Itirapina.

O outro provável motivo que levou a Honda a desistir de manter uma linha de montagem de automóveis na Argentina pode ter a ver com o cenário econômico, que de degradou nos últimos tempos.

Graças à uma grave crise econômica, nosso vizinho viu a inflação disparar e os indicadores econômicos caírem, reduzindo inclusive a produção e comercialização de veículos. Mesmo durante o tempo em que esteve ativa, Campana teve uma participação pequena na produção do HR-V, ou seja, o impacto da mudança nem será sentido pelo consumidor.

O HR-V passou a ser montado na Argentina em 2015, tomando o lugar do sedan City. Atualmente, a planta também produz as motocicletas Wave, CG150 e XR150L.

Talvez esta decisão seja um reflexo da crise Argentina, não se sabe ao certo. Mesmo assim, do ponto de vista corporativo é muito mais eficiente e econômico concentrar a produção nas fábricas novas, que tem equipamentos de última geração.

Vamos ver como se desenrola isto, nas cenas dos próximos capítulos.

Não esqueça de deixar seu comentário abaixo.

Deixe um comentário