Tudo que você precisa saber para comprar um carro novo ou usado sem sustos.

Novo Chevrolet Tracker 2021: Este será um dos SUVs mais econômicos

O tão esperado lançamento do Novo Chevrolet Tracker 2021 acontecerá oficialmente em 18/3/2020 e as vendas terão inicio a partir do dia 21 do mesmo mês.

A GM já começa a fazer sua campanha publicitária, pedindo para que o cliente “aguarde duas semanas” para comprar o crossover. O argumento do comercial é que o carro será o mais econômico da categoria, usando como pano de fundo uma mulher contando que se arrependeu de comprar um SUV que bebe muito.

Além de revelar o vídeo, a GM colocou em seu site que o novo Chevrolet Tracker 2021 terá consumo de até 14,8 km/litro na estrada, valor que deve ser aplicado à versão com motor 1.0 turbo de 116 cv e câmbio manual de 6 marchas. Comparado ao Onix, que a fabricante diz fazer até 15,1 km/litro, é uma perda de 0,3 km/litro. Deve reduzir um pouco esta eficiência com a transmissão automática de 6 posições.

Pela tabela do Inmetro, podemos ver que seu rendimento na cidade com etanol é de 7,7 km/litro, que é o melhor valor do segmento – também alcançado pelo Honda HR-V 1.8 CVT, Nissan Kicks 1.6 CVT e Volkswagen T-Cross 1.4 TSI AT. Usando gasolina, o SUV da GM faz 11,2 km/litro, superando os demais, exceto os 11,4 km/litro do Kicks. Disponível somente com gasolina, o HR-V 1.5 turbo também é mais econômico, registrando 11,5 km/litro.

No ciclo rodoviário, o Tracker empata novamente com o Kicks, ambos alcançando os 9,4 km/litro com etanol, mas ficam abaixo do T-Cross 1.0 TSI e seus 9,5 km/litro. Ao trocar o combustível para gasolina, o Chevrolet registra os mesmos 13,5 km/litro do T-Cross 1.0, perdendo para os 13,7 km/litro do Kicks e os 14,6 km/litro do HR-V 1.5 turbo.

Com este rendimento, o novo Chevrolet Tracker 1.2 turbo pode conquistar alguns clientes por estar entre os SUVs compactos mais econômicos. Também temos que levar em conta que o 1.0 turbo terá eficiência ainda melhor, principalmente na versão manual de entrada. E vale lembrar que os números do Inmetro dificilmente batem com o que são registrados na vida real, por diversos fatores como modo de condução e condições do trânsito.

O Novo Chevrolet Tracker 2021 trará câmbio manual para a versão de entrada. O modelo atual tem apenas o automático de seis velocidades. Mesmo sem recolher impostos, a importação do México limitou bastante a gama do SUV.

Novo Chevrolet Tracker 2021

Modelos trazidos do país da América do Norte têm condições de vir com preço competitivo. Porém, há limite de unidades importadas anualmente sem imposto.

Além disso, fora do Brasil a estratégia de produção não tem como foco o nosso mercado. A subsidiária nacional era apenas uma cliente.

Com a nacionalização, a estratégia da Chevrolet passa a ser focada no Brasil – o modelo, feito em São Caetano do Sul, já começa a ser distribuído à rede. Isso permite a expansão das opções da gama.

Na geração atual, o Tracker não conseguiu ser um dos “grandes” no ranking de vendas. Entre 2017 e 2018, antes da chegada do T-Cross, chegou a ameaçar o Ford EcoSport, à época o quinto mais vendido.

Outro detalhe interessante é que o Novo Chevrolet Tracker 2021 vai se posicionar entre os modelos PcD com menor custo.

Segundo os rumores, o modelo deverá custar R$ 56.870 já considerando a isenção do IPI e ICMS, valor que é um pouco acima do praticado para modelos como o Citroën C4 Cactus Novo Feel Business, mas abaixo do VW T-Cross Sense.

As informações de bastidores também apontam um fato interessante para o Tracker em sua configuração PcD: mesmo na compra com isenção, a marca vai disponibilizar uma ampla gama de opções de cores para o SUV.

Agora é esperar o lançamento e confirmarmos estas informações.

 

Leia também:

Inovação de Baterias: GM Lança Estratégia para Acelerar Crescimento

Cobalt vai sair de linha? O que Aconteceu?

 

Carros novosChevroletNotícias

Deixe um comentário