Governo abre inscrições para leilão virtual de veículos

O governo da Bahia abriu as inscrições para o primeiro leilão eletrônico promovido pelo estado, que será realizado no dia 23 deste mês. Por causa da pandemia da Covid-19, a realização será por meio da internet.

Veículos, materiais eletrônicos, móveis e bens apreendidos serão leiloados em 244 lotes públicos. Os interessados podem fazer cadastro até o dia 20, no site www.mpleiloes.com.br. Não serão permitidas inscrições no dia do leilão.

O leilão será realizado virtualmente a partir das 9h30 do dia 23, no site onde o cadastro é feito. Os lances poderão ser iniciados a partir desta sexta-feira (13), sem prejuízo das ofertas que serão feitas depois, no dia e horário marcados para o início do leilão.

Os vencedores serão aqueles que oferecerem maior lance ou oferta. Quem tiver dúvidas sobre o cadastro pode obter mais informações no próprio site do leilão, pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (71) 99988-5050.

As fotos e descrições dos bens a serem leiloados também estão disponíveis no site. No entanto, os bens públicos que serão apregoados no Leilão estão disponíveis para visitação em Salvador e em Feira de Santana, nas datas e horários indicados no edital, que está disponível no site.

Como medida de prevenção ao coronavírus, a visitação só será permitida mediante agendamento, pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (71) 3117-8613.

Entre os bens que serão leiloados estão lotes com preços mínimos avaliados a partir de R$ 350 e R$ 400. Já o lote mais caro do certame é uma caminhonete de luxo, que possui lance mínimo avaliado em R$ 34.690. Do total de 244 lotes, 165 são veículos, alguns em excelente estado de conservação, como automóveis que pertenciam ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas do Estado.

O pagamento dos bens arrematados deverá ser feito à vista, por transferência ou depósito bancário, conforme orientações do leiloeiro que serão enviadas ao arrematante através do e-mail informado no cadastro, no prazo de 24 horas.

O vencedor pagará ainda ao leiloeiro a comissão de 5% sobre o valor da arrematação. O não pagamento do valor integral do bem arrematado implicará no cancelamento da arrematação. Os bens objeto deste Leilão são isentos de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Deixe um comentário